Em 2022, dados da Dentsu apontam uma tendência de que anúncios online sejam responsáveis por 55,5% do total gasto em mídia.

Ou seja, de todo recurso financeiro aplicado em mídia de forma geral, os anúncios online são a menina dos olhos do mercado. Gasta-se - e não é de hoje - mais com publicidade digital do que com mídias offline, como TV, cinema, rádio.

Mas isso por si só significa que a internet pode abraçar todos os negócios que querem investir nela?

É isso que vamos descobrir nesse texto: se mídia paga é para você.

Já te adiantamos que não existe uma resposta simples e satisfatória. Cada negócio é único, por mais que o nicho, objetivo, persona, etc, sejam os mesmos. Com isso, responder à pergunta “Devo investir em mídia paga?” se torna mais complexa e interessante.

Você provavelmente deve, mesmo que seja para concluir que não deve.

Por que investir em mídia paga?

Para começo de conversa, por que você deveria investir em mídia paga?

Resposta rápida:

A publicidade online é uma excelente fonte de teste, porque ela costuma ter uma resposta mais rápida, por exemplo, para saber o que funciona para o seu funil de vendas ou não.

Imagine que você está começando a incluir conteúdos mais densos nas redes sociais da sua marca e quer verificar a adesão dessa estratégia em um curto espaço de tempo. Aqui, a mídia paga pode te ajudar. 

Você pode patrocinar esses posts e chegar a resultados mais rapidamente para a sua análise.

Isso acontece porque o tempo de resposta dos anúncios é mais rápido do que o tempo de resposta dos conteúdos orgânicos. 

Aí vão algumas razões que levam as empresas a colocar recursos em anúncios online.

Entrega de público mais específico

Uma das maravilhas da mídia paga é a possibilidade de segmentação específica.

Quando você cria uma campanha no Meta Ads, por exemplo, pode segmentar bem a audiência que você deseja atingir com aquele criativo.

Essa segmentação inclui, de forma geral, aspectos geográficos, demográficos, comportamentais, entre outros.

Já quando pensamos em ações orgânicas, não temos essa condição de filtragem de público. É claro que, a dizer, você segmenta pela forma e lugar onde distribui os conteúdos. 

Mas não é tão específico quanto conseguimos ser em anúncios.

 

Aceleração de receita

Para negócios mais maduros, isto é, com uma estratégia de marketing bem consolidada, a mídia paga entra como uma fonte de aceleração de receita. É como se fosse a cereja do bolo.

Uma estratégia de marketing consolidada nada mais é do que trabalhar com consistência, testes e análises de ações e canais corretos para chegar aos objetivos desejados. Esse plano de marketing, por assim dizer, inclui inbound marketing, SEO, CRO, mídias sociais, etc. 

Então, o investimento em campanhas pode impulsionar ainda mais essas ações, acelerando os resultados financeiros.

Cenários favoráveis e desfavoráveis para a mídia paga

Entendidos todos esses benefícios, você agora vai conhecer alguns cenários e como a mídia paga se comporta em cada um deles.

Empresas maduras são cenário ideal

Uma empresa com certa maturidade de negócio sempre será favorável e ideal para mídia paga

Essa maturidade faz com que a empresa não dependa de apenas uma fonte de receita e possa passear em diversos canais e estratégias.

Até porque, por mais que anúncios online tragam conversões mais rapidamente, você também precisa de um período de teste e aprendizado da plataforma que está usando.

E não há garantia de resultados. Por isso, tem que ter dinheiro disponível para colocar sem esperar um retorno de imediato no primeiro momento.

Um negócio maduro também refere-se a uma gestão que tem ciência disso. O resultado pode ser mais rápido do que as demais formas de trazer novas vendas, mas é preciso lembrar que o retorno não vem da noite para o dia.

Se uma empresa coloca dinheiro e tira no Google Ads várias vezes, esperando que as conversões aconteçam sem muito esforço e em um dia, ela não está dando o tempo de aprendizado que a plataforma precisa. 

Além do tempo de aprendizado, temos que seguir testando novos formatos de criativos, abordagens, lances, tipos de campanhas, etc - conforme a coerência de cada negócio e contexto, claro. 

Mídia paga é um pedaço de todo um planejamento de marketing, então, ela também exige um processo e precisa de maturação

Portanto, as empresas precisam olhar a mídia paga como um investimento e ter paciência. Por exemplo, às vezes, você tem que aceitar que seu Custo de Aquisição de Cliente (CAC) não vai diminuir em pouquíssimo tempo de campanhas rodando. 

Quer saber quais redes de anúncios performam melhor? Clique aqui.

Fique de olho no Product Market Fit

O Product Market Fit é o nome dado à análise do quanto um determinado produto/serviço faz sentido dentro do mercado. Ou seja, se existe demanda e aderência da solução.

Nesse cenário, a mídia paga pode funcionar mas tem que saber fazer do jeito certo e ter expectativas alinhadas. 

Imagine que o produto/serviço precisa ser desejado e conhecido pelo seu futuro público, então, é bem provável que nos primeiros investimentos o seu dinheiro pode não retornar.

Essa é uma característica que foge da responsabilidade da mídia paga de trazer resultados. É uma característica do momento do negócio.

Afinal, não há buscas ativas na internet pelo seu produto - pelo menos não ainda. 

Mas a notícia boa é que você pode utilizar a mídia paga como meio de validação do seu produto/serviço, além de alcançar seu público permitindo que elas conheçam a sua marca.

Mercados com produtos altamente inovadores

Aqui, a mídia paga pode funcionar mas com algumas ressalvas.

Sejamos honestos: para conversões, não recomendados.

Porque se o seu negócio tem uma proposta de produto/serviço que o mercado desconhece, voltamos para o cenário anterior: não existe demanda buscando ativamente pela solução.

Aqui, um trabalho de educação e conscientização de público precisa ser feito em primeiro lugar. Nesse sentido, a mídia paga poderia entrar com um objetivo de reconhecimento de marca e educação da audiência, despertando o interesse do público.

Produtos/Serviços de alto valor/alta complexidade de venda

Nesse cenário, a decisão demora mais para ser tomada, então o retorno do investimento feito na mídia tende a ser mais lento por conta do ciclo de vendas em si

A mídia pode ser uma fonte de atração de interesse, mas o resultado final vai depender de um trabalho alinhado da equipe comercial.

Produtos/Serviços de baixa margem

Nesse caso, não é recomendado o investimento da mídia esperando que o resultado venha da primeira aquisição. Com a margem baixa, é pouco provável que a mídia consiga entregar lucro.

Se esses produtos/serviços são uma entrada para a compra de outros, pode ser uma estratégia interessante mas precisa ser muito bem calculada.

Marcas conhecidas têm cenário favorável

Para negócios que têm produtos conhecidos a mídia paga funciona muito bem, especialmente para conversão de fundo de funil. Ou seja, o retorno financeiro é mais rápido. 

Mas tenha o cuidado de não saturar sua audiência. Nem sempre investir mais vai trazer mais retorno.

Por isso, trabalhar com a mídia paga em paralelo com outras estratégias de marketing é uma recomendação nossa aqui também.

Tamanho de mercado diferentes, efeitos diferentes

Olhar o tamanho do seu mercado é muito importante.

Suponhamos que você tenha uma pequena clínica veterinária em uma cidade pequena, na qual você atua localmente. Se você colocar muito investimento em plataformas de anúncios, vai estar queimando dinheiro

Pensa aqui: seu público, que já é pequeno, vai se cansar muito rápido de tanto ver seus anúncios, e seu mercado irá saturar instantâneamente, porque seu mercado não te permite trabalhar de forma muito expansiva

Recomendamos, então, campanhas de branding, com volume menor de investimento.

Agora, se o seu mercado é grande, possivelmente é também concorrido e possui alta demanda. Aqui, o ideal é otimizar o investimento atuando de forma cirúrgica: com nicho bem segmentado e estratégias inteligentes.

Leia também: Suas campanhas de Search além das recomendações do Google: conheça as Estruturas de Conta no Google Ads e como criá-las

Conclusão

Viu como não existe uma resposta simples e satisfatória? Quer dizer, satisfatória sim, porque as possibilidades com mídia paga são quase que infinitas.

Vale ressaltar que entender a maturidade do seu negócio é crucial para desenvolver boas experiências e colher bons resultados com os investimentos em anúncios.

Tenha em mente também que tudo que vem fácil, vai fácil. Ainda que a mídia paga traga resultados mais rápido, não significa que é simples e mágico - a gente até faz parecer, mas não é.

Por isso, não se frustre se seus investimentos iniciais não retornarem da maneira como gostaria. Mas saiba que em todo investimento pode ser feito uma análise prévia: tem como analisar o mercado, cenários, oportunidades, tudo isso de acordo com seus objetivos e seu contexto de negócio.

A Traktor diagnostica e gere suas mídias oferecendo insights para que você possa extrair o máximo de seus investimentos.

Clique aqui para receber um diagnóstico gratuito.

Antes de ir embora

Gostou desse conteúdo e quer nos ajudar a compartilhar mais conhecimento? Compartilhe esse texto!

Nós queremos ajudar empresas a obterem mais sucesso com seus anúncios pagos a partir de decisões mais inteligentes e sua ajuda é muito importante para nós.

Se você trabalha com Mídia Paga e quer conhecer mais sobre a Traktor, ficaremos felizes em conversar com você! Conheça nossas vagas disponíveis.

Está precisando de uma ajuda com suas mídias? Converse com nosso consultor e receba um Diagnóstico de Mídia para a sua empresa.

Guilherme Zanotto e Mariana Sanches

Mariana é escreve os textos da Traktor e Guilherme é responsável pela parte técnica deste texto.