Quer iniciar sua conta no Google Ads, ou até mesmo rever uma conta antiga da sua empresa, mas não sabe exatamente por onde começar?

É exatamente sobre isso que vamos falar neste artigo: como planejar sua conta de Google Ads com o Planejamento de Palavras-Chave do zero, poupando tempo, dinheiro e dores de cabeça no futuro.

O objetivo aqui é que você aprenda os conceitos e a metodologia por trás desse planejamento. 

Em outras palavras, não vamos te ensinar a receita, mas sim a cozinhar.

Para começar, vamos entender o que é o Planejamento de Palavras-Chave no Google Ads e porque ele é importante para estruturar a sua conta.

Principais conceitos do Planejamento de Palavras-Chave

Para realizar um Planejamento de Palavras-Chave que realmente traz resultados, é necessário ter clareza do objetivo final: conseguir identificar o maior número possível de termos relacionados ao negócio da sua empresa.

E, para isso, nós temos a ajuda do próprio Google Ads, já que ele consegue fornecer tudo isso. Tudo o que precisamos oferecer a ele é a matéria prima.

Então, uma vez que tudo que o Google precisa é a matéria prima, vamos buscá-la. Para esse fim, você precisará de contexto.

Com isso, o Google vai te gerar uma avalanche de dados e, como parte final, você precisa de parâmetros para filtrar esses dados. 

Agora, imagine a simples situação: quando você vai fazer um suco de framboesa em casa, o seu liquidificador vai fazer todo o trabalho para você. E da mesma forma o Google faz com o seu Planejamento.

Tudo que você vai precisar é escolher as melhores framboesas no mercado (contexto), colocar as frutas no liquidificador (matéria prima) e, por último, peneirar as sementes que ficaram no suco (parâmetros).

Agora, vamos conceituar cada um desses aspectos.

Leia também: Como e por que separar Campanhas no Google Ads

Matéria-Prima

O Google Ads vai ser o nosso melhor amigo na maior parte do Planejamento, principalmente porque para um bom Planejamento de Palavras-Chave o que mais precisamos são informações.

E, como já sabemos, o que o Google mais tem são informações. A questão agora é extrair essas informações.

Esses dados vêm do Keyword Planner do Google Ads, que irá precisar de algo para começar a trabalhar, ou seja, de uma matéria prima.

A matéria prima vai ser basicamente os termos-chave do seu negócio. A partir dessas palavras, o Google vai te gerar, além de sugestões de termos relacionados para a sua conta, as métricas que ele tem a respeito de cada um desses termos.

Contexto

Você precisa organizar as informações a respeito da sua empresa, e mais do que isso, processar essas informações para que a "matéria prima" que o Google vai receber seja da melhor qualidade possível.

Essa etapa pode se comparar a fazer uma pizza: a matéria-prima é a massa e o molho de tomate, até podemos usar um molho enlatado ou industrializado, porém se utilizarmos algo fresco e de qualidade o resultado final vai ser ainda melhor. 

Parâmetros

Depois de alimentar o Google Ads com a matéria-prima e contexto, ele vai te gerar muita informação, porém nem toda essa informação será utilizada.

O Keyword Planner vai te dar informações sobre os termos que você sugeriu, mas também sobre diversos outros correlacionados, e não vamos usar todos esses termos.

Por essa razão, precisamos de parâmetros que filtrem a qualidade dos termos e, assim, adicionamos apenas os termos de maior qualidade na conta.

Está na hora de entendermos, então, o passo a passo de como fazer o Planejamento reunindo esses conceitos que acabamos de ver.

Passo a passo de como fazer seu Planejamento de Palavras-Chave

Agora que você já conhece os principais conceitos por trás do Planejamento de Palavras-Chave, está na hora de entender como ele funciona na prática

Existem 3 etapas para fazer um planejamento de palavras-chave padrão FIFA de qualidade:

  1. Coletar informações
  2. Alimentar com insumo
  3. Fechando o garimpo

1) Coletar informações

Para a primeira etapa, vamos coletar o máximo de informações possíveis - ou contexto.

O objetivo dessa etapa é fazer você exercitar sua mente a enxergar seu negócio com outros olhos.

Para você que está todo dia no negócio, essa etapa pode parecer óbvia, mas será necessário que você dedique algum tempo para explorar o máximo de opções.

E é exatamente o motivo que torna ela tão importante: estar diretamente ligado a algo torna sua visão sobre aquilo enviesada, e isso pode ser prejudicial para o nosso processo.

O Google, como já falamos anteriormente, é seu melhor amigo nesse momento e vai te ajudar com boa parte do seu Planejamento.

Mas, sem dúvidas, ninguém melhor do que você para contar o que diferencia a sua empresa das demais, não é mesmo?

Por isso, formalize em um documento os seguintes pontos:

  • O que a sua empresa faz?
  • Principais Serviços/Produtos
  • Como ela faz?
  • Para quem ela faz?
  • Quais são seus concorrentes?
  • Por que você é melhor do que eles?

Vamos utilizar como exemplo uma fabricante de chocolate para te ajudar nesse raciocínio: 

A nossa empresa faz chocolates em barras e bombons, temos um processo exclusivo de produção onde o chocolate leva mais tempo para ser produzido e assim ele possui um sabor incomparável.

Nosso público-alvo são amantes de chocolates e na nossa linha de produtos temos barras de chocolate: meio-amargo, ao leite e branco, além de vários tipos de bombons. 

Nossos concorrentes são diversas outras marcas de chocolate e nosso principal diferencial é o cuidado na produção, que utiliza apenas matéria-prima fresca e nosso controle de qualidade.

Tendo como base esse exemplo, será mais simples mapear os pontos importantes do seu negócio para ter sucesso no Planejamento de Palavras-Chave.

Guarde esse exemplo em mente porque iremos utilizá-lo novamente.

2) Alimentar com insumo

O segundo passo é colocar essas informações que você coletou de uma forma que o Google Ads entenda. Ou seja, vamos alimentar o Google com essas informações - ou matéria prima.

Ao final desse processo, você vai conseguir extrair dados para aprofundar ainda mais essa análise. 

Para uma melhor organização, é interessante que você insira essas informações de forma cadenciada. Separe os serviços ou produtos que você vai anunciar e selecione termos-chaves para cada um deles - quanto mais termos, melhor.

Caso a sua conta do Google Ads tenha histórico, use também o Search Terms para encontrar palavras-chave iniciais.

Continuando com o exemplo da nossa empresa de chocolates:

Temos 2 tipos de produtos: barras de chocolate e bombons, esses produtos se dividem em subcategorias, ao leite, meio amargo, branco e no caso dos bombons temos diferentes recheios.

É interessante observar aqui como a estrutura inicial da nossa conta também vai se formando. Com isso já temos 2 campanhas pré-desenhadas: uma campanha de “Barras de Chocolate” e uma de “Bombons”.

Agora já temos os primeiros termos relacionados a cada campanha, por exemplo:

  1. barras de chocolate ao leite
  2. barras de chocolate meio amargo
  3. barras de chocolate branco
  4. comprar barras de chocolate
  5. comprar barra de chocolate ao leite
  6. melhor barra de chocolate meio amargo

O ideal é que cada serviço ou produto, junto com os termos selecionados que se relacionam com eles, se torne uma campanha individual.

Portanto, aqui vai um tutorial simples de como fazer isso:

  1. Separe termos relacionados à marca da empresa em um campanha separada (entenda a importância de separar suas Campanhas de Google Ads)
  2. Vá no Keyword Planner do Google Ads e coloque todos esses termos que você já identificou para cada campanha, uma campanha por vez. A intenção é popular uma campanha por vez com termos relacionados aos que você já selecionou.
  3. Coloque seu esboço de campanhas em uma planilha e, em cada campanha, escreva os termos que você separou.

3) Fechando o garimpo

Hora de personificar o garimpeiro - ou parâmetros.

Nessa terceira e última etapa, vamos separar o joio do trigo. 

Para finalizar o processo, você já tem quase todas as informações que serão necessárias. 

Depois de adicionar a matéria prima ao Keyword Planner, você deve ter uma visão como essa:

 

Calma, não se assuste. Imagine que temos que achar uma série de agulhas em um palheiro, mas, por sorte, temos um detector de metais. É apenas questão de saber usá-lo.

Dentro do KW Planner o seu foco vai ser encontrar termos que sejam relacionados às palavras-chave que você selecionou previamente.

Contudo é normal que apareçam muitos termos relacionados. Por isso, temos que peneirar apenas os melhores, com os seguintes critérios:

  • Alto volume de pesquisas;
  • Relação com os outros termos da campanha;
  • Ser um termo referente a etapa do funil que você deseja.

Uma dica boa é que você pode exportar todos os dados que o Google fornecer para uma planilha, caso isso vá facilitar a manipulação dos dados para você.

Depois de peneirar os termos sugeridos pelo Google, adicione os novos termos na sua planilha dentro da campanha específica deles.

Repita o mesmo processo para todas as campanhas.

Conclusão

Nesse artigo, compartilhamos a lógica e o processo por trás de um Planejamento de Palavras-Chave que é prático e eficiente para iniciar uma conta no Google Ads ou para retomar uma conta antiga.

Apontamos também algumas armadilhas que podemos cair enquanto fazemos nosso Planejamento, mas que é possível evitá-las se o passo a passo for seguido corretamente.

Antes de ir embora

Gostou desse conteúdo e quer nos ajudar a compartilhar mais conhecimento? Compartilhe esse texto!

Nós queremos ajudar empresas a obterem mais sucesso com seus anúncios pagos a partir de decisões mais inteligentes e sua ajuda é muito importante para nós.

Se você trabalha com Mídia Paga e quer conhecer mais sobre a Traktor, ficaremos felizes em conversar com você! Conheça nossas vagas disponíveis.

Está precisando de uma ajuda com suas mídias? Converse com nosso consultor e receba um Diagnóstico de Mídia para a sua empresa.

João Angelo Baccarin

João Angelo é Analista de Mídia na Traktor e lidera o Traktor University.